Close

Arquivos Mensais: fevereiro 2015 [f2015Fri, 27 Feb 2015 18:43:55 +000002pm282015 27America/Sao_Paulo 27pm28pm 27201555 pmFri, 27 Feb 2015 18:43:55 +0000q00000043v201555 02America/Sao_Paulo255pm4355]

Quero ver!

Quero ver! Uma faísca, um brilho, uma luz. Quero ver! Você tem? Uma faísca, um brilho, uma luz? A mulher, pouco mais que pele e osso, andava com dificuldade até o soldado que minutos antes tinha cortado a cerca que a separava, e a seus companheiros, do mundo exterior. Ela segurava como podia os andrajos, […]

27 de fevereiro de 2015 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos brilho, faísca, luz, olhar, olhos, ver

Ler Mais

Aprendizado

Na sala de aula todos gargalharam quando Marcelinho escreveu no quadro: 3 + 2 = 7. O professor Hermes o olhou com reprovação: O que acontece, Marcelinho? Você não sabe fazer uma soma tão simples quanto essa? Claro que sei, professor. É que eu gostaria de aprender outras coisas, coisas novas – Marcelinho olhava para […]

26 de fevereiro de 2015 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos aprendizado, aula, professor

Ler Mais

Mateus, 26:21

No fundo daquele boteco de beira de estrada, sob a nuvem de fumaça dos charutos, os sete tipos mal-encarados bebem e gargalham alto. Esperam. Foram convocados pelo chefe para uma reunião cujo motivo desconhecem. Barrigudos e de camisa aberta no peito, o aspecto sujo de todos eles chama a atenção. Riem com estardalhaço e debocham […]

25 de fevereiro de 2015 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos bêbados, mateus 26:21, trair

Ler Mais

Contos Mínimos # 241 a 250

241. – Um litro e meio, senhor. Vai pagar em espécie?, perguntou a mocinha do caixa do supermercado. O homem assentiu com a cabeça e arregaçou a manga da camisa. Aguardou que ela extraísse a quantidade exata. Minutos depois ele saiu, carregando as sacolas de compras. 242. O homem chega à agência de publicidade e […]

24 de fevereiro de 2015 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos Minímos contos, mínimos

Ler Mais

As pernas

Era uma sensação estranha e, ao mesmo tempo, arrebatadora: ao avançar sobre a areia, eu quase podia distinguir um a um os grãos sob meus pés. Eles encaixavam perfeitamente em cada poro e era como se eu andasse nas nuvens. Ela estava a meu lado, a mulher mais bela do mundo, que me apertava as […]

23 de fevereiro de 2015 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos pernas

Ler Mais

À sombra

Um dia, com paciência, teremos aqui a nossa árvore. Assim falava meu pai enquanto abria buracos na terra seca que rodeia nossa casa, a poeira grudada em sua pele feito tatuagem. Depois de vários anos de trabalho e dedicação, só vimos surgir ali um pequeno jardim de cactos ressequidos e nenhuma flor, nenhuma árvore. Uma […]

20 de fevereiro de 2015 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos árvore, pai, sombra

Ler Mais

O grande Leonardo

Três mil anos de literatura, mais de um século de arte cinematográfica e sete décadas de televisão, sem contar os séculos de artes plásticas, têm convertido esse assunto em algo falso e batido, não mais que um artifício vulgar e uma grande bobagem, por isso eu lhe juro, meu amor, que isso que você está […]

19 de fevereiro de 2015 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos infidelidade, leonardo

Ler Mais

Sede de fé

Há sete anos não chove na cidade. Já nem sequer olhamos para o céu, exceto para amaldiçoá-lo por tanto azul e pelo sol que nos fustiga. Hoje em dia nossa comida é temperada com poeira e o único rio que temos, enquanto o temos, trata de nos dar de beber. Nesses anos de estio, a cada […]

12 de fevereiro de 2015 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos água, , nuvens, poeira, sede

Ler Mais

Contos Mínimos # 231 a 240

231. Se, na frente de um açougue, você passar a língua pelo lábio superior ante a visão de uma costela de boi; se você sentir que sua pressão quase vai a zero ao ver uma peça de picanha; se você suar frio e quase desfalecer quando avistar um pedaço vermelho de alcatra; se você sentir […]

11 de fevereiro de 2015 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos Minímos contos, mínimos

Ler Mais

Pouco mais que uma menina

Assim pensa o homem de turbante e barba: ele fará o que deve ser feito, porque os antigos e as tradições ordenam e, acima de tudo e principalmente, está dito nas Escrituras. Por isso ele fará o que deve ser feito. O homem de turbante e barba chega à porta do quarto e, antes de […]

10 de fevereiro de 2015 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos africana, lágrimas, menina

Ler Mais

Barulhinho

Pegue um par de tênis tamanho 30. Coloque dentro um pouco de areia. Depois, em casa, no banheiro, bata o par de tênis no vaso sanitário, de modo a deixar cair toda a areia. Escute. Você vai ouvir um barulhinho de bambus ocos entrechocando, ou de passarinhos alçando voo, ou até de um flautim balbuciando […]

Ler Mais

Respiro

Parar um momento, desligar, avançar, parar novamente, deter-se por completo, tomar fôlego, perder o fôlego, dar-se tempo para um pouco de depressão, introspecção, desolação, preparar-se para situações não desejadas, desejar estar em situações não preparadas, dar a volta por cima, dar a volta por baixo, virar-se de dentro para fora e de fora para dentro, […]

6 de fevereiro de 2015 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Prosa Poética fôlego, parar, saúde

Ler Mais

Nomes

Otacílio Rogério se casou com Amélia Augusta e tiveram um filho, que recebeu o nome de Rodolfo Joaquim. Este, depois de adulto, encantou-se com Lígia Margarida e a pediu em casamento. Da união dos dois nasceram Renato Fabiano e Fernanda Raquel. Renato Fabiano foi o papai feliz de Henrique Lúcio, fruto de sua união com […]

5 de fevereiro de 2015 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos nomes

Ler Mais

O cortejo

Durante um passeio pelo parque vi, do outro lado da rua, um cortejo fúnebre. Juntei-me a ele. É sempre mais animado caminhar ao lado de outras pessoas. Eu não sabia quem tinha morrido, mas que importa? Nós, os seres humanos, somos uma grande família ao redor do mundo, não somos? Além disso, sempre é possível […]

4 de fevereiro de 2015 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos cortejo, parque, passeio, viúva

Ler Mais

Palavras que convencem

– Bom dia. Sou escritor e venho me oferecer para trabalhar em sua empresa. – Segurança! Aqui, rápido! – Espere um momento e ouça o que tenho para lhe falar. O que o senhor tem a perder? – Tempo. E meu tempo é ouro, cavalheiro. – OK, mas imagine o seguinte… – Imaginar não é […]

Ler Mais

Voltar

Meu avô morreu com o desejo de voltar à terra que o viu crescer e entender o mundo. Ficamos sabendo disso depois que o enterramos e fomos cuidar de seus pertences. Na gaveta de sua mesinha de cabeceira encontramos centenas de cartões postais com destinatários, que nunca foram enviados. Estavam amarelados e todos mostravam paisagens da […]

2 de fevereiro de 2015 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos avô, regressar, Terra, voltar

Ler Mais