Close

Arquivos Mensais: março 2016 [f2016Thu, 31 Mar 2016 10:48:46 +000003am312016 31America/Sao_Paulo 31am31am 31201646 amThu, 31 Mar 2016 10:48:46 +0000q00000048v201646 03America/Sao_Paulo346am4846]

A lição que se aprende em casa

– Faça o que eu tô mandando, já! Lave essas mãos antes de dormir, estão sujas de chocolate, e você ainda suja as paredes, nem tenho mais como deixar essa casa limpa. Já fez os deveres da escola? Olhe lá, não quero receber reclamação da professora. E os dentes, já escovou? Então anda, ou você […]

31 de março de 2016 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos lição, menino

Ler Mais

Fruto proibido, fruto produzido

Era um tempo em que só existia o Paraíso, e a vida era, ela própria, um paraíso. As cabras pastavam solenes nos jardins, nos vales corriam o leite e o mel em abundância e o sol nunca se punha. Aqueles dois não tinham do que reclamar, mas os humanos, desde o princípio, como se sabe, […]

Ler Mais

As coincidências

É em coincidências assim que a vida ganha mais cor. Ganha mais – o quê? – jovialidade, frescor, vitalidade, ânimo, eletricidade, doces espantos, sobressaltos, alguns desassossegos, perigosas inquietações. Celina, no princípio, gostou muito dessa coincidência. Depois, não. Coincidiu que ele entrou no mesmo vagão quase vazio em que ela estava. Ela iria descer dali a […]

29 de março de 2016 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos coincidência, memória

Ler Mais

Pelas esquinas

Sempre gostei de sair para caminhar. A esmo, sem destino, apenas pelo prazer de mexer as pernas, vencer esquinas, ruas e avenidas, chegar a algum lugar previamente determinado, e depois voltar, com a sensação de dever cumprido. Caminhar por caminhar, apenas. Respirar diferentes ares, contemplar horizontes, descansar os olhos nas paisagens à frente – é […]

28 de março de 2016 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos caminhar, esquinas, morte, vivos

Ler Mais

Um homem à deriva

Ninguém decide por mim, nem mesmo a natureza: sempre amanhece quando quero e onde quero. Ontem foi na sarjeta do cine República, no centro da cidade. Não fiz caso do barulho dos carros e das pessoas ao redor logo de manhã: ainda não era hora do meu amanhecer. Hoje amanheci na casa de meu amigo […]

24 de março de 2016 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos à deriva, homem, janela

Ler Mais

Banheiro ocupado

Percebo que ela chora no banheiro, com a porta fechada. Escuto os soluços e sinto alguma pena. Quando ela finalmente sair, muitas e muitas horas depois, eu verei seus olhos vermelhos, o rosto lavado e o olhar baixo. Ela não dirá palavra, sei que não. Pisará o chão com delicadeza e pés descalços, caminhará com […]

Ler Mais

Os carneiros

Começou com dez carneiros. Emanuel olhava, cuidava e fazia a contagem e, quando não precisava deles, guardava-os no estábulo. Eram seus e ele os amava. Pouco tempo depois percebeu que os dez já não bastavam e pensou em comprar mais. Para fazer dinheiro, tosquiou os que tinha e vendeu a lã. Assim, conseguiu adquirir mais […]

Ler Mais

O rosto sob a navalha

Naquele tempo havia o exército nas ruas, para cuidar da ordem. Nas ruas também havia pessoas. As pessoas não gostavam do exército e vice-versa. Havia muita vida (e morte) nas ruas e também fora delas, em lugares escondidos que algumas pessoas conheceram, não todas as pessoas que existiam nas ruas, apenas algumas delas. Era também […]

Ler Mais

Amor insuportável

As roupas tiradas com sofreguidão, entre os beijos intermináveis, ficaram jogadas no chão daquele quarto de hotel. Meteram-se na cama com a urgência dos condenados à morte, usando apenas a máscara de sedução com a qual tudo havia começado, poucas horas antes, no bar onde tinham se visto. Entre carícias brutas e a pressa daqueles […]

15 de março de 2016 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos amor, homicídio, insuportável

Ler Mais

Contos Mínimos # 501 a 510

501. Fomos convocados, em caráter de urgência, para uma reunião na empresa. Os altos executivos queriam nos colocar a par das novas técnicas de vendas que deveremos adotar daqui por diante. Eles salientaram as vantagens do vodu sobre as metodologias tradicionais. Cada um de nós deveria escolher e levar para a empresa um bonequinho e […]

14 de março de 2016 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos Minímos contos, mínimos

Ler Mais

Amorosa

A cada noite o mesmo ritual. Com delicadeza e resignação, Bibiana recolhe os pedaços e os coloca sobre a mesa da cozinha. Pega sua caixa de costura e escolhe com cuidado o fio que utilizará para unir as partes desconjuntadas. Sempre uma cor diferente, porque os dias nunca são iguais, tampouco as dores são as […]

Ler Mais

Meus fantasmas

Meus fantasmas não são nada originais: sempre me visitam de madrugada, durante o silêncio ensurdecedor da cidade, em que a solidão, para os insones, é tão palpável quanto insuportável. Quando eram vivos, meus fantasmas devem ter visto muito filme B de terror e agora, na condição de fantasmas, teimam em repetir os mesmo clichês. Entram […]

10 de março de 2016 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos fantasmas, madrugada, medo

Ler Mais

Odores

Quando saiu hoje de casa para ir ao trabalho, Angelina buscou as ruas e avenidas mais cheias de gente. Andou com os braços esticados e as mãos estendidas, tocando sem-querer-querendo as pessoas com as quais esbarrava. Queria impregnar as mãos e os dedos com todos os perfumes possíveis. Tocou o mendigo que choramingava uma esmola […]

Ler Mais

Marcas

Encolhido na cama, a cabeça coberta, Pedro ouvia como sua mãe andava pela casa, nervosa e impaciente. Em seu entendimento de menino, pressentia que a noite ia ser longa. Seu pai não tinha aparecido para jantar e isso era um mau sinal. O coração de Pedro quase nem batia. Pensava que, se ficasse o mais […]

8 de março de 2016 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos gritos, mãe, marcas, pai

Ler Mais

Os olhos azuis do marinheiro

Eu te amei como ninguém, sabe? Por ti me fiz marinheiro e errei por todos os mares deste mundo, ano após ano, sempre pensando no dia da minha volta, no dia em que teus braços me apertariam o pescoço e de teus lábios sairiam as palavras “como demoraste!”. Por ti abandonei minha mãe e meus […]

Ler Mais

O Roto e o Rasgado

Percival anda com passos curtos e medidos, arrastando os pés e deixando cair sobre os ombros o peso do mundo. Dá cinco passinhos, tosse, puxa uma tragada funda do cigarro quase no fim, tosse de novo, mais cinco passinhos. Ele vai do lar de idosos onde vive até a cafeteria do outro lado da rua: […]

3 de março de 2016 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos rasgado, roto, solidão

Ler Mais

Dodeskaden*

Ouviu o apito e viu lá longe o trem se aproximando: dodeskaden, dodeskaden, dodeskaden… Esse som, essa cadência reverberava em sua cabeça. Ele tinha que saber. Saltou sobre os trilhos. Sempre teve medo de, em pé na plataforma, que alguém o empurrasse no instante preciso em que o trem passasse pela estação. Também tinha medo […]

2 de março de 2016 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos dodeskaden, trem, trilhos

Ler Mais

O velho piano

Com as costas curvadas e as mãos apoiadas nos joelhos, o velho Amadeu contabilizou o produto de sua semeadura: recolheu duas cenouras que tinham brotado no meio das alfaces e das couves. Analisou e viu que as cenouras eram boas. Preparou e comeu uma salada fresca no almoço. No mesmo dia resolveu experimentar: plantou uma […]

1 de março de 2016 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos importância, novidade, piano

Ler Mais