Close

Arquivos Mensais: setembro 2018 [f2018Thu, 27 Sep 2018 08:30:26 +000009am302018 27America/Sao_Paulo 27am30am 27201826 amThu, 27 Sep 2018 08:30:26 +0000q00000030v201826 09America/Sao_Paulo926am3026]

A água desse rio vai dar no mar

Mataram o Eduardo faz um ano. Era meu único filho e faria vinte e dois anos se aqueles malditos não tivessem dado um tiro nele por causa da féria do ônibus. Tinha acabado de começar no emprego novo. Era cobrador, na linha 372. Cumpria o último turno, antes de recolher pra garagem. Entraram os dois […]

Ler Mais

Contos Mínimos # 961 a 970

961. Deus é onipresente, onisciente e onipotente. É todo-poderoso, quer dizer, pode fazer o que quiser, o que tiver vontade. Agora mesmo, por exemplo, ele decidiu deixar de existir. Mas não só de agora em diante, também de agora para trás. Pra resumir: a sua será uma inexistência com caráter retroativo. Até aqui, nada a […]

26 de setembro de 2018 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos Minímos contos mínimos

Ler Mais

Súplica

Tarde da noite a luz acabou. A escuridão e o calor caíram sobre as pessoas como uma lona pesada. Alguém canta, é uma mulher. Não é mais que um murmúrio, um cantarolar distraído, alguém querendo apenas testar a voz, a garganta, a língua. Uma voz de homem, grossa, grave e afinada surge, encobrindo o som […]

24 de setembro de 2018 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos boa noite, coro, luz, voz

Ler Mais

Despir o luto

Voltou para casa exausta e se sentou na cadeira de balanço da varanda. Precisava pensar. Olhou para dentro e viu a sala como a tinha deixado horas antes: os quadros fora das paredes e as paredes nuas; as gavetas abertas, mostrando o que tinham dentro, e o que tinham dentro pouco importava agora. Imaginou como […]

20 de setembro de 2018 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos luto

Ler Mais

Chuva

Sempre chove nos enterros de ficção. Chove nos becos de pouca luz, onde os bêbados acertam suas diferenças a golpes de cacos de garrafas. Chove, não há dúvida, depois dos estupros, enquanto a vítima tenta alcançar a porta do prédio onde vive e chora encolhida no segundo degrau da escada. Chove quando alguém triste encosta […]

19 de setembro de 2018 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos chove, chuva

Ler Mais

Um amor na USP

Era outono e as folhas daquela árvore tremiam. Também eu, também nós tínhamos um tremor novo, uma febre nova todas as tardes. Como o mar, que chega até as rochas e as quebra, e as vence, assim era você, estudante. Eu conhecia a sua solidão, seu corpo, mesmo antes de ver de perto a sua […]

18 de setembro de 2018 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Poesia amor, campo, folhas, livros, ouro, verde

Ler Mais

Contos Mínimos # 951 a 960

951. Depois da primeira onda chegaram os conquistadores; após a segunda, os colonizadores; finda a terceira, os evangelizadores. Passada a quarta onda não chegou ninguém: já tinham tirado tudo de nós. 952. Secou as lágrimas que tinha chorado pela morte dele. Tirou-o do caixão e sacudiu a naftalina. Jogou as flores fora. Pegou sua mão […]

17 de setembro de 2018 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos Minímos contos mínimos

Ler Mais

A minha dor é maior que a sua

Ele se enrola como um novelo sobre o piso frio e começa a tremer: isso é, basicamente, o que faz o modelo número 1, senhor. Posso garantir que impressiona quem o vê, e também deprime. O número 2 também se enrola e treme, com um diferencial: emite gemidos entrecortados por pequenos gritos, deixando de cabelo […]

11 de setembro de 2018 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos dor, existência, lágrimas, miséria

Ler Mais

Numa esquina de Sampa

Esquina da Paulista com a Augusta, São Paulo. Dia de sol a pino. Calor senegalês, o suor escorre e empapa o pescoço e as costas. O semáforo de pedestres está vermelho. As pessoas se aglomeram dos dois lados, querendo atravessar. O sinal demora a mudar de cor. Aparece cada vez mais gente. De um lado […]

Ler Mais

_orte

Desejou que fosse um S, só para ganhar o jogo ao menos uma vez. Ou então um F, e assim escapar dos tapas que os colegas lhe davam na nuca todos os dias, por ser tão estúpido e lerdo. Mas a letra correta, para terminar a brincadeira, era um M, e todos riram de sua […]

Ler Mais

A felicidade é um pássaro azul

Ali vai um homem comum, um homem como eu e você, dizem dele, e complementam: Mas ele busca alguma coisa. É verdade. O que difere o homem comum dos demais é sua obsessão: ele persegue o pássaro da felicidade. Fez disso sua meta durante meses, anos. Atravessou sete montanhas e sete rios, venceu monstros e […]

3 de setembro de 2018 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos felicidade, fome, pássaro azul

Ler Mais