Close

Arquivos Mensais: junho 2020 [f2020ter, 30 jun 2020 08:19:22 -030006am302020 30America/Sao_Paulo 30am30am 30202022 amter, 30 jun 2020 08:19:22 -0300q00000019000202022 06America/Sao_Paulo622am1922]

Trending topic

Quando eu nasci ninguém prestou muita atenção. Minha mãe não achou necessário avisar a parteira nem incomodar meu pai, que dormia e roncava de boca aberta, largado no sofá da sala, o copo vazio de cerveja na mão. Eu era o sexto filho, e parir tinha virado rotina na casa em que vim ao mundo. […]

Ler Mais

O grito que fugiu da boca do menino

O menino abriu a boca e um grito fugiu, e as palavras que vieram em seguida caíram no chão feito andorinhas feridas em pleno voo. Agonizaram, as palavras. Confundidas e órfãs, as letras das palavras.   Esta noite choverá e pode ser que a água arraste para o rio todas as letras que saíram da […]

Ler Mais

A mercadoria

Assim que anoiteceu, Frida, a supervisora, ordenou que as funcionárias fossem embora antes do toque de recolher. Ela mesma fechou as portas da loja. Passou os olhos pelas estantes, conferindo o estoque de produtos. Admirou-se com a quantidade de chapéus à venda e que quase já não cabiam nas prateleiras. E as saias, as calças […]

Ler Mais

Mistura

Jurandir ingere dinamite, pólvora e gasolina, pula várias vezes para agitar bem a mistura e no final traga um palito de fósforo aceso.   That’s all, folks!  

Ler Mais

Duas vozes

Uma tem medo, a outra se faz forte. Uma quer mudar tudo, a outra se conforma. Uma olha em volta e se espanta, a outra obscurece o horizonte. Uma quer ir adiante, a outra estanca na saudade. Uma adoece, a outra grita pela cura. Uma quer calar a outra, a outra se encolhe. Uma vence […]

Ler Mais

Perguntas

Que serventia tem o instrumento se as doze cordas foram cortadas e dele nunca mais sairá uma nota?   Não engalanem a cidade porque o feriado é falso. Que calendário está na moda hoje? E amanhã?   Qual o motivo de se guardar lugar entre os lugares, se à mesa os minutos passam e o […]

Ler Mais

Quarentena em 5 vezes

MATRIMÔNIO Vinte anos juntos, e já era tempo demasiado, considerando os últimos cinco, em que a falta de respeito e as agressões verbais azedaram de vez a relação. Ameaças de separação eram o assunto de todo dia naquele matrimônio. Menos mal que nunca tivessem chegado à violência física, mas agora, depois de vinte anos, os […]

Ler Mais

Diamante

A festa de casamento foi no quintal da casa do Miguel, amigo dos noivos. Na véspera choveu 68 milímetros e a grama brilhava. Fiz cozido de porco com legumes, viu?, ela disse. Muito bom, ele respondeu. Colocaram as alianças e se beijaram. Pouca conversa, poucos filhos. Ganharam o prêmio de casal mais dançante no baile […]

Ler Mais

No lado certo

Viajo no tempo cada vez mais sozinho. Para trás ficaram as mil histórias de mim. De todas elas me exilei e já não importam. Estou anistiado da minha própria vida. Não tenho pátria, bússola, sonhos ou carrego alguma culpa ou esperança, mas não estou triste. Consciência leve é boa companhia para percorrer o caminho que […]

Ler Mais

Belisário Júnior

Belisário Júnior olha os olhos de seu pai com devoção. É de manhã, os dois tomam café. O pai lê o jornal, muito concentrado. Veste seu impecável uniforme de policial. Dali a instantes ele estará no trabalho, cuidando da ordem da cidade e da segurança das pessoas. Belisário Júnior sonha ser como ele quando crescer. […]

Ler Mais

Lá ou cá

Meu anjo da guarda, bebendo café na cozinha, me diz que algo não anda bem. Tomo um copo d’água e um comprimido para dormir e rumo ao calvário de minha cama fria, perguntando-me baixinho se o mal está no céu, onde ele mora   — lá, naquele lugar inatingível, onde dizem que tudo é bom, […]

Ler Mais

O que não era antes

A luz de hoje não é a mesma luz de ontem: o dia sabe estrear uma claridade nova a cada amanhecer. Não respiramos ontem o ar de hoje, tampouco será o mesmo ar amanhã ou depois de amanhã: o vento será outro, a brisa será distinta, nada se repetirá, como a água do rio que […]

Ler Mais

A fatura

Celeste enveredou pela rua que dava na Porta do Triunfo. Hoje anda com o nariz empinado.   Reginaldo, com passo firme, cruzou a Praça do Desengano — e se arrependeu amargamente.   Maria foi na direção da igreja, primeira à direita. Tornou-se repositório de preconceitos e maledicências.   Henrique, ávido por conhecer o mundo, não […]

Ler Mais

Em espécie

— Um litro e meio, senhor. Vai pagar em espécie?, perguntou a mocinha no caixa do supermercado. O homem assentiu com a cabeça e arregaçou a manga da camisa. Aguardou que ela extraísse a quantidade exata. Minutos depois ele saiu, carregando as sacolas com as compras do mês.  

Ler Mais

Não ser não dói

Este poeta não falou sobre os mistérios do futuro, este poeta não cantou o espetáculo da natureza nem cantou o amor.   Este poeta falou das catástrofes e suas dores, este poeta procurou ser justo, este poeta denunciou ruínas, mas mostrou-se incapaz de reconstruí-las.   Este poeta não se disse visionário, este poeta foi mais […]

Ler Mais

Vídeo do poema “O fígado de David Bowie”

O fígado de David Bowie [poema de Mário Baggio] Videopoema

O fígado de David Bowie - poema de Mário Baggio - VideopoemaBlog do autor: http://homemdepalavra.com.br/-----------------Cine BookProdução de Book Trailer e Videopoemahttps://cinebook.com.br/#cinebook#videopoema#poesia#literatura#davidbowie

Posted by Cine Book on Friday, May 15, 2020

O fígado de David Bowie [poema de Mário Baggio] Videopoema O fígado de David Bowie – poema de Mário Baggio – VideopoemaBlog do autor: http://homemdepalavra.com.br/—————–Cine BookProdução de Book Trailer e Videopoemahttps://cinebook.com.br/#cinebook#videopoema#poesia#literatura#davidbowie Posted by Cine Book on Friday, May 15, 2020

Ler Mais

Vídeo do conto “A proposta”

O fígado de David Bowie [poema de Mário Baggio] Videopoema

O fígado de David Bowie - poema de Mário Baggio - VideopoemaBlog do autor: http://homemdepalavra.com.br/-----------------Cine BookProdução de Book Trailer e Videopoemahttps://cinebook.com.br/#cinebook#videopoema#poesia#literatura#davidbowie

Posted by Cine Book on Friday, May 15, 2020

A Proposta [conto do livro Espantos para uso diário] Mário Baggio VideocontoTítulo do conto: A PropostaTítulo do livro: Espantos para uso diárioAutor: Mário BaggioEditora: CoralinaISBN: 978-65-80360-03-1Dimensões: 14×21 cmPáginas: 164Gênero: ContosAno: 2019Blog do autor: http://homemdepalavra.com.br/Comprar o Livro: https://www.editoracoralina.com.br/livro/espantos-para-uso-diario/Descrição:As histórias deste volume têm raiz fincada no insignificante da vida, no comezinho da existência, nos personagens com quem […]

5 de junho de 2020 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos a proposta, conto

Ler Mais

Juramentos

Todos sabem o que se diz desde tempos imemoriais: — nunca deixem de cumprir o que foi jurado diante de Deus.   O resto é vão.   Não jurem pelo céu, esse elemento desacreditado, cheio de lixo sideral e poluição, nem pela terra encharcada de veneno alimentar, onde meninos com mochila escolar são abatidos a […]

Ler Mais

Pontual

Aprendi desde cedo a não ser pontual. Cheguei tarde a todos os acontecimentos importantes da minha vida.   Mas todos eles, sem exceção, me esperaram pontualmente.  

Ler Mais

Moto perpétuo

O pequeno Adalberto Júnior jogava futebol porque papai Adalberto lhe dizia que vôlei era esporte de meninas. Estudou engenharia como agradecimento ao papai, que não poupou esforços para lhe pagar a melhor faculdade. Casou-se na igreja para respeitar a crença religiosa do papai e aceitou que seu primeiro filho se chamasse Adalberto. Adalberto Neto. Quando […]

Ler Mais

Delicadeza

Não há nada mais delicado do que o cego que, ao conversar com alguém que enxerga, nunca se esquece de falar “olhe”, “veja”…  

Ler Mais

Cavalos

O vento sopra e avisa: um dia todos os cavalos do mundo estarão reunidos nalgum lugar desta Terra.   Virão de todas as partes e regiões, dos antigos sítios onde não para de chover, dos cantos mais distantes onde nunca amanhece, dos santuários ignorados pela humanidade, onde juram que já não existem mais cavalos (os […]

Ler Mais

Drummond

Tinha uma pedra no meio do caminho. Ele se abaixou e a pegou. Pôs no cachimbo. Acendeu. Fumou. Esse dia ficou impresso para sempre na vida de suas retinas dilatadas, tão vermelhas, tão fatigadas!  

Ler Mais

A Física é quem diz

Eu disse a ela que era uma questão de densidade populacional: dois não podem caber, a um só tempo, no espaço do mesmo fracasso, da mesma tristeza. “A Física é quem diz”, argumentei. Ela enxugou as lágrimas e então se levantou, foi na direção da porta, abriu, saiu, fechou. Agora sozinho, no espaço que era […]

Ler Mais