Close

14 de maio de 2018

A fotografia

Eu digo com franqueza, e espero que decidam logo, porque time is money: com a boquinha fechada, o cabelo penteado com gel e terninho de missa é como eles saem melhor. Pelo mesmo preço, e a título de gentileza, posso conseguir um traje de marinheiro ou de soldadinho de chumbo. Se ficar grande, o alfaiate da empresa pode fazer os ajustes necessários. O efeito de vento sai um pouco mais caro, porque preciso utilizar um ventilador específico, com a exata velocidade para parecer só uma brisa fresca e não um tsunami. O resultado fica muito bom com o movimento dos cabelos, mas, como eu falei, o preço sobe um pouco. Sempre recomendo uma passada leve de lápis preto em volta dos olhos, isso traz certa vivacidade ao rostinho da criança. Também um pouco de brilho nos lábios e alguma cor nas bochechas, para não sair com cara de porcelana branca, certo? A fotografia é uma arte caprichosa e sempre agradece esses pequenos detalhes cromáticos. Para as mãos é necessário que escolham uma das várias alternativas que ofereço. Por exemplo, um rosário, um ramo de flores ou um brinquedo qualquer. Alguns pais desejam imortalizar seus pequenos com a Bíblia nas mãos, mas isso é uma questão de preferência. Eu aceito qualquer sugestão que queiram dar, mas é preciso que decidam com urgência, porque, vocês sabem, depois de um tempo o menino começa a cheirar mal. E então, vão querer o quê?

 




Tags:,

14 de maio de 2018 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos fotografia, menino

               
              
            
                

Deixe um comentário