Close

19 de julho de 2020

A história de todas essas mulheres

Uma de cada vez, elas se aproximam do guichê e anunciam seu nome: Leda, Clitemnestra, Penélope, Dafne, Dânae, Medeia, Ifigênia, Antígona, Europa… Aguardam em silêncio o momento de serem atendidas. Sentem vergonha dos trapos que vestem e do cabelo sujo. Tentam proteger os seios, que insistem em pular para fora dos andrajos. Pedem desculpas pela aparência. Estão amedrontadas e famintas. Escutamos seus relatos, vemos a face macerada de cada uma e, apesar de nossa larga experiência no serviço de acolhimento a mulheres maltratadas, nos espantamos com o que contam: violação, abandono, rapto, estupro, exploração, humilhação, desrespeito, privação de direitos.

Conforme falavam, elas perceberam que as ouvíamos com atenção e sentiram-se, pela primeira vez, protagonistas. Cuidamos de lhes arranjar abrigo e um advogado, demos suporte psicológico às mais frágeis e convocamos uma manifestação popular contra a violência doméstica. Elas nos agradeceram com os olhos úmidos. Os livros aguardam, com impaciência, quem tenha coragem de reescrever a história de todas essas mulheres.

 




Tags:, , , ,
               
              
            
                

Deixe um comentário