Close

9 de julho de 2015

A noite em que Vicente foi ao baile

vicenteNa hora da sobremesa, todos ganharam gelatina, menos Vicente. Para ele, Maria Pia reservou um pedaço de bolo com uma vela acesa em cima: era seu aniversário.

– Felicidades, meninão. Ficou um ano mais velho – disse ela. Agora pense num desejo.

Vicente apertou os olhos, prendeu a respiração por um segundo e depois apagou a vela. Sua risada encheu o salão. Maria Pia se inclinou e falou baixinho em seu ouvido: Desejo feito, desejo concedido.

Hora de dormir, todos saíram, menos Vicente. Chateou-se por ficar sozinho, justo no seu aniversário. Não durou muito sua solidão, porém. De repente tudo ficou escuro e um foco de luz iluminou a porta de entrada. Ali surgiu Maria Pia, num apertado e curto vestido azul de lycra. Trazia na mão um aparelho de som, que colocou sobre uma das mesas. Quando apertou a tecla play, o ambiente foi invadido pelo som de “Dancing Days”. Segurando as mãos de Vicente, Maria Pia rodopiou com ele pela sala, agora toda iluminada, cantando a música a plenos pulmões: Abra suas asas, solte suas feras, caia na gandaia, entre nessa festa. Vicente girava e gargalhava, os olhos como dois faróis de intensa luz, encantado por fazer parte desse baile, dessa festa inesperada de aniversário.

No fim, suados de felicidade, Maria Pia segurou o rosto de Vicente entre as mãos: Você pode ser feliz, e vai ser. Ele fez Sim com a cabeça e ganhou um beijo. Ela então ajustou as travas da cadeira e começou a empurrá-la para fora da sala, em direção à ala dos tetraplégicos. No caminho, Vicente moveu a cabeça – era só o que ele conseguia mover – para o alto e seus olhos encontraram os de Maria Pia. Juntou os lábios com esforço e balbuciou algo parecido com a palavra Obrigado.

 




Tags:, ,

9 de julho de 2015 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos baile, felicidade, festa

              
            
  1.     
                        
              
            
                

Deixe um comentário