Close

3 de novembro de 2015

A pecadora

confessionc3a1rio– Padre, preciso de perdão. Estou em pecado e quero me confessar.

– E o que você quer confessar, Maria Alice?

– Confesso que ontem eu me deitei com o senhor, quando mamãe tinha saído. Lembra-se de que eu estava sozinha quando o senhor chegou procurando pelo papai?

– Sim, me lembro. Você contou isso para alguém?

– Não, padre, só estou contando agora para o senhor.

– Está arrependida, minha filha?

– Sim, padre, muito arrependida.

– Não minta, Maria Alice. Você sabe que Nosso Senhor Jesus Cristo tudo vê, tudo ouve, tudo sabe. Está arrependida de verdade?

– Sim, padre, com muita verdade. Verdade verdadeira.

– Você pode enganar a mim, mas não a Deus. Pense bem antes de falar.

– Eu pensei, padre, e estou muito, mas muito arrependida de tudo.

– Então repita: Eu sou uma pecadora e peço perdão a Deus.

– Eu sou uma pecadora e peço perdão a Deus.

– Está perdoada, Maria Alice. Ego te absolvo a peccatis tuis. Viu como foi fácil? Na próxima semana eu vou visitar o seu papai de novo, no mesmo horário. Pode ir agora.

 




Tags:, ,

3 de novembro de 2015 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos pecado, pecadora, perdão

               
              
            
                

Deixe um comentário