Close

11 de dezembro de 2018

A proposta

Eu lhe darei cinquenta mil reais em dinheiro vivo, livre de impostos, se você permitir que eu ligue agora para sua mãe e informe que você sofreu um terrível acidente de trânsito. Que seu carro ficou acabado e que você está preso nas ferragens, correndo risco de morrer. Ou que foi atropelado por um táxi em alta velocidade. Qualquer tragédia serve, desde que verossímil. Fingirei que sou um agente policial e direi a ela que não sei se você poderá se salvar. Que uma ambulância já está no local e vai levá-lo para o hospital mais próximo.

Você só tem que aguardar duas horas depois que eu ligar para ela. Duas horas apenas, sabendo que alguém quase morre de angústia, dor e sofrimento por conta de uma mentira. Passado esse tempo, você poderá se comunicar com quem desejar. Poderá ir à casa de sua mãe e lhe contar os detalhes desse nosso trato. Poderá falar que tudo não passou de uma farsa, enquanto ela olha para você com os olhos rebentados de tanto chorar. Poderá fazer o que quiser depois, desde que respeite as duas horas combinadas. Duas… intermináveis… horas.

E então, o que me diz? Quer o dinheiro?

 




Tags:, ,

11 de dezembro de 2018 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos dinheiro, duas horas, proposta

               
              
            
                

Deixe um comentário