Close

20 de maio de 2019

A quinta

A partida de futebol entre o time da casa e a equipe visitante estava no primeiro tempo e transcorria com normalidade, com leve vantagem para o time local. A torcida da cidade urrava o seu otimismo. Na sala de árbitros, durante o intervalo, chamaram o juiz. Telefonema urgente. Era da maternidade, e sua mulher informava que tinha sido menina. Uma linda menina de olhos azuis. A quinta.

Quando o jogo recomeçou, ninguém entendeu por que o juiz expulsou sem motivo aparente um dos jogadores da equipe anfitriã, puniu com cartão amarelo duas faltas duvidosas para o time da cidade e marcou um pênalti que não existiu a favor dos visitantes, que fizeram gol e venceram o embate. Os torcedores da equipe local não se conformaram e, não fossem as forças de segurança, teriam linchado o árbitro.

Partida terminada, protegido por um cordão policial reforçado e com o rosto impassível, o juiz ignorou a torcida e os jornalistas e iniciou a penosa, dolorida volta para casa. Mas antes tinha que passar na maternidade.

 




Tags:, , , ,

20 de maio de 2019 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos árbitro, futebol, juiz, menina, quinta

               
              
            
                

Deixe um comentário