Close

1 de agosto de 2016

A resposta

menina3Isabel abre a porta com suas mãozinhas e espia. Vê o avô sentado na poltrona e corre para perguntar a ele. Lembra-se de que ele sempre tem resposta pra tudo. O velho a olha e não a vê, a mirada fixa num ponto infinito que a menina não consegue saber onde está. Depois volta a olhar para a televisão sem dizer nada.

Decepcionada, Isabel vai até a cozinha. Sua mãe certamente saberá a resposta. Quando diz manhê!, ouve o de sempre: Espere, tô ocupada agora, enquanto movimenta o dedo feito louca na tela do celular. O pai está fechado no escritório e fica muito nervoso quando alguém o interrompe. Só sobrou Alfredo, o irmão mais velho. Acho que ele vai saber — Isabel está confiante.

Vai até o quarto dele e entra sem bater. Pergunta. Alfredo só faz shhh pedindo silêncio. Está com os olhos fixos no computador, a boca aberta, deixando cair uma baba fina que aos poucos forma uma poça perto dos seus pés. Aperta os botões do teclado com força, enquanto grita e vibra com as explosões que piscam na tela.

Isabel sai sem conseguir o que queria. Volta para suas bonecas e pensa, muito desapontada, que, apesar de ter a pergunta, talvez não exista mais resposta.

 




Tags:, , , ,
              
            
  1.     
                        
              
            
                

Deixe um comentário