Close

6 de março de 2015

A salada Caesar

CaesarSalad3

 

Num rompante de sinceridade, decidiu contar à mulher que na noite anterior tinha transado com outra. Foi um impulso inconsequente, é isso que vou falar. Só que não sabia como fazer. Não queria que a aventura de uma noite pusesse fim a seu casamento, de resto muito feliz. Se sua voz tremesse ou falhasse, ela daria ao fato mais importância do que realmente tinha. Assim, disse que aquela noite faria um experimento na cozinha, e que ela poderia fazer companhia a ele. Vou preparar uma salada Caesar, anunciou e pensou: no meio da coisa falo sobre o que aconteceu; sei que ela vai entender.

Explicou que no happy hour com os amigos do escritório ele bebeu um pouco além da conta, mas, mesmo assim, lavou as folhas verdes com muito cuidado e depois as picou aleatoriamente, obtendo um bom volume de vegetais. Seus amigos, a título de relaxar e aliviar o estresse, propuseram que fossem depois dançar numa dessas boates da moda. Ele ficou um pouco em dúvida, mas resolveu acompanhá-los e cortou o frango cozido em cubinhos pequenos e quase iguais, que misturou com as folhas verdes na tigela. Aliás, na tigela, por coincidência, encontrou essa antiga amiga da faculdade, que estava junto com os croutons e algumas lascas de queijo parmesão. Foi uma alegria vê-la depois de uma xícara de azeite e sal e pimenta a gosto, já que não se viam desde que o curso tinha terminado. Ficaram lá conversando sobre o molho vinagrete de mostarda, que deve ser colocado por último, e, quando perceberam, a salada já estava pronta e acho que ficou uma delícia.

Admitiu que era a primeira vez que fazia uma coisa dessas e, com um pouco de prática, poderia acertar mais a mão.

 

 




Tags:,

6 de março de 2015 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos Caesar, salada

               
              
            
                

Deixe um comentário