Close

20 de fevereiro de 2015

À sombra

a-sombra-do-ipe

Um dia, com paciência, teremos aqui a nossa árvore.

Assim falava meu pai enquanto abria buracos na terra seca que rodeia nossa casa, a poeira grudada em sua pele feito tatuagem. Depois de vários anos de trabalho e dedicação, só vimos surgir ali um pequeno jardim de cactos ressequidos e nenhuma flor, nenhuma árvore.

Uma manhã vi-o sentado sob o sol a pino. Entre em casa, pai, o sol vai derreter sua cabeça, eu disse, puxando-o pela camisa. Ele segurou minha mão e falou com calma Vem cá, sente-se. Aqui é onde nossa árvore dará sombra.

Não quis contrariá-lo e me acomodei a seu lado. Foi quando senti o frescor do lugar. Ali estava mesmo muito agradável e sim, pensei, nossa árvore será justamente aqui.

 




Tags:, ,

20 de fevereiro de 2015 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos árvore, pai, sombra

               
              
            
                

Deixe um comentário