Close

13 de março de 2015

A volta

homem-indo-embora-estacao-de-trem

Aos vinte anos Otacílio abandonou a cidade em que nascera. Tenho que fazer a vida longe daqui, que aqui não acontece nada. Viveu num país distante por quarenta anos. Aos sessenta, considerou cumprida sua missão e resolveu voltar. Chegou de trem à cidadezinha onde nada acontecia. Parado na plataforma, mala na mão, pergunta-se emocionado se vai reencontrar os velhos amigos, se vão reconhecê-lo, se vão perguntar sobre suas aventuras nas terras distantes onde tinha vivido.

Começa a caminhar lentamente para fora da estação, rumo ao centro da cidade. Vê a alguma distância um homenzinho encurvado, puxando uma carroça. Apesar do rosto cheio de rugas e dos olhos voltados para o chão, Otacílio o reconheceu: era Jonas, seu amigo do ginásio. Corre ao seu encontro com os braços abertos para abraçá-lo. Aponta os dedos para si mesmo como a dizer Jonas, olha só, sou eu! Jonas levanta os olhos e sorri para o amigo, sem demonstrar surpresa: Oi, Otacílio, o que você faz aqui na estação? Vai viajar?

 




Tags:, ,

13 de março de 2015 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos viagem, volta, voltar

               
              
            
                

Deixe um comentário