Close

2 de junho de 2018

Aula de medicina

O professor doutor Virgílio d’Alegria procurou ser didático ao explicar a seus alunos o procedimento cirúrgico que tinha inventado, ao qual deu o nome de Lobotomia Transglobocular Introjetada. A técnica já foi usada em milhares de casos e lhe valeu o Prêmio Nobel de Medicina em 1968.

— O método consiste em aturdir o paciente com um golpe certeiro na nuca, que pode ser dado com o martelo bilateral de ferro e silicone, um instrumento que eu mesmo inventei. Se preferirem, podem utilizar o garrote eloquente ou o esmaga-peito persuasivo, tanto faz. O importante é que o paciente perca os sentidos de imediato e fique assim, anestesiado, por pelo menos trinta minutos, que é o tempo necessário para concluir o procedimento.

Os alunos acompanhavam a aula com interesse, assentindo com movimentos de cabeça o progresso da explanação.

— Com o paciente sob o efeito da anestesia, deve-se introduzir com força a ponta do pica-gelo entre o glóbulo ocular e a pálpebra, tendo-se como referência o teto da órbita, até que se alcance o lóbulo frontal. Nesse ponto se efetua um corte lateral movendo o pica-gelo de um lado para outro, suavemente. Duas ou três vezes já bastam. Repete-se o mesmo procedimento no outro olho. Como podem ver, é uma técnica muito simples, indolor, mas que requer precisão e habilidade. É preciso treinar bastante.

A aula teórica foi encerrada. O professor, sem demora, deu início à parte prática.

— Agora quero que se dividam em pares para o primeiro exercício. Sobre a minha mesa há nove pica-gelos. Vocês são dezoito. A velocidade é uma qualidade essencial em futuros cirurgiões.

 




Tags:, , , , ,
               
              
            
                

Deixe um comentário