Close

8 de dezembro de 2016

Boa pessoa

Sou boa pessoa.

Escutarei quando você falar e prometo prestar atenção.

Saberei caminhar a seu lado quando a noite cair, e serei o seu protetor.

Vou junto ver o filme-cabeça que você tanto quer, e prometo não bocejar.

Gosto de músicas, daquelas que me arrepiam, das outras não. Mas aprenderei a gostar daquelas também.

Beberei água se for necessário estar sóbrio. E vinho, se tiver que parecer culto.

Não me importaria falar do que não sei e opinar sobre o que não me importa.

Vou torcer pelo seu time de futebol.

Vou torcer pelo time de futebol de seu pior inimigo, se isso servir para aliviar suas tensões.

Não vou torcer por nenhum time de futebol, se assim você desejar.

Odiarei os esportes se você quiser o meu suor para outras finalidades.

Você poderá me insultar e até rir de mim.

Tomarei o café da manhã, o almoço e o jantar onde você disser e quando disser.

Não me importarei de ficar sentado debaixo de uma ponte ou atrás de uma porta que dê a lugar nenhum.

Nas férias, vou para onde você quiser sem me queixar.

Lavarei nossas roupas. Passarei nossas roupas. Limparei nossa casa.

Não cobrarei nada.

Não pedirei nada.

Se lhe interessar, aí no rodapé está o meu e-mail.

Eu gastei um tempo enorme buscando você.

Agora é a sua vez: vamos ver se você me encontra.

 




Tags:,

8 de dezembro de 2016 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Poesia boa, Pessoa

              
            
  1.     
                        
              
            
                

Deixe um comentário