Close

25 de setembro de 2017

Chá com vista para o mar

Todas as tardes elas se reúnem ao redor da cama, que faz as vezes de mesa. São muito amigas e estão sempre perto uma da outra. Juntas, somam vários séculos. Sobreviveram a duas guerras e a cinco maridos, à gripe espanhola e ao suicídio de Getúlio. Têm nove filhos e quinze netos. Flora foi a primeira a perder a visão, décadas atrás. Umas febres e aquela insistente dor de cabeça que lhe turvava os olhos foram as causas. Anos depois Jurema sofreu o acidente com o genro dirigindo o carro depois de ter bebido muito. E uma semana depois Rosa caiu da escada e deu de cara no chão de pedra — pelo menos foi isso o que ela disse a todas. Conversam sobre o passado e riem. Comem biscoitos amanteigados. Ouvem o barulho do mar ao longe e se alegram. Jurema e Rosa ficam admiradas com a habilidade de Flora em servir o chá, sem transbordar a xícara. As duas concluem que é porque Flora é a que tem mais tempo de experiência na escuridão.

 




Tags:, , , ,

25 de setembro de 2017 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos amigas, chá, mar, visão, vista

               
              
            
                

Deixe um comentário