Close

19 de setembro de 2018

Chuva

Sempre chove nos enterros de ficção. Chove nos becos de pouca luz, onde os bêbados acertam suas diferenças a golpes de cacos de garrafas. Chove, não há dúvida, depois dos estupros, enquanto a vítima tenta alcançar a porta do prédio onde vive e chora encolhida no segundo degrau da escada. Chove quando alguém triste encosta o rosto no vidro gelado da janela. Chove quando o telefonema não vem. Chove, claro está, no caminho que a mãe faz até a emergência, o filho machucado nos braços. Chove quando se toma a decisão mais difícil, quando se abre mão do grande amor, quando a notícia que não se quer ouvir é anunciada na noite ainda não de todo terminada. E chove sem trégua no momento definitivo da morte.

Se os meteorologistas percebessem, talvez baseassem suas previsões no ânimo das pessoas. Francisca foi abandonada pelo marido e não sabe se interrompe a gravidez do terceiro filho — frente fria se aproximando e certeza de tempestade no final da tarde. Moacir foi mandado embora do emprego e mistura rum com cachaça em pequenos goles, a barriga encostada no balcão do boteco, escolhendo as palavras para dar a notícia à mulher — choverá hoje o equivalente a uma semana inteira de água. Manolo soube agora que seu irmão menor foi morto numa briga entre torcidas de futebol — a Polícia Civil recomenda que as pessoas não saiam de casa porque a intensidade do temporal provocará transbordamento de rios e pântanos.

Chove sobre os diagnósticos desfavoráveis, sobre as despedidas, sobre os abandonos, sobre as tristezas, sobre a depressão. Chove nas estações de trens e no metrô, sobre os cemitérios, sobre as ausências transitórias e as definitivas. Chove sobre as rupturas e as reconciliações, sobre a solidão e o medo, sobre a dor das mães, que é sempre maior que qualquer outra dor. Chove sobre as lágrimas.

Chove também agora, que termino estas linhas, e me pergunto que inevitável tragédia está a ponto de acontecer.

 




Tags:,

19 de setembro de 2018 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos chove, chuva

               
              
            
                

Deixe um comentário