Close

27 de outubro de 2017

Contabilidade

Oito namoradas, sendo três mais altas que ele, duas loiras tingidas, uma oriental, uma estrangeira do Leste Europeu e uma bissexual. Quatro amantes ocasionais. Cento e dois beijos, trinta por cento com língua. Noventa e quatro coitos, com duração média de dezenove minutos e treze segundos cada um.

Ele costumava detalhar sua vida amorosa numa planilha do celular, mas deixou o hábito de lado quando conheceu a doce Michele e se apaixonou como um bezerro. Foi correspondido de maneira irrestrita. Michele era toda amores e beijos e carinhos, até que, numa madrugada, buscando uma aspirina para sua dor de cabeça crônica, resolveu fuçar no telefone do amado e descobriu a planilha. Teve um acesso de raiva, gritou Você é um nerd mimimi, um porco tarado, eu te odeio! e saiu imediatamente de casa, pois não estava disposta a ser mais um número naquela contabilidade erótica.

Com o coração destroçado, ele voltou ao costume de antes: dezessete dias e quinze horas de lamentos, dois meses e cinco dias de completo abandono, seis semanas de saudade, duas mil e oitocentas lágrimas, dois beijos de língua numa única semana, três coitos com duração média de vinte e dois minutos cada um, cinco minutos de saudade, sete trocas voluptuosas de olhares em apenas três horas, nenhum minuto de saudade…

 




Tags:,

27 de outubro de 2017 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos contabilidade, planilha

               
              
            
                

Deixe um comentário