Close

7 de outubro de 2016

Contos Mínimos # 621 a 630

brasileua2

621.

Ele vivia o sonho americano. Mas acordava sempre no Brasil mesmo.

622.

Era a primeira vez para os dois. Ela estava totalmente nua, os olhos fechados, os lábios entreabertos. O rapaz, inseguro, não queria cometer nenhum erro, nenhum deslize. Respirou fundo, segurou-a pelos cabelos e deu início à autópsia.

623.

O detetive procurou tomar aulas práticas de tiro para melhorar sua pontaria. No terceiro disparo matou seu instrutor.

624.

Depois de décadas de resignação, a estátua da praça amanheceu hoje com uma pombinha estrangulada na mão e um sorriso nos lábios de pedra.

625.

Eu os ouço fazendo sexo o tempo todo atrás da parede do meu quarto. O barulho que fazem não me deixa dormir. Talvez a solução seja emparedá-los separadamente.

626.

Começou a elaborar um novo teorema para explicar a caída livre dos corpos a partir de uma janela do 8º andar, sem que um terceiro elemento fizesse qualquer impulso adicional. Mas o juiz já tinha perdido a paciência e nem quis ouvir.

627.

Era tão bonita que seu pai, rigoroso e severo, a mantinha fechada no quarto. Não permitia que saísse à rua nem tivesse contato com o mundo violento e cruel que havia lá fora. Dia desses ela engravidou pelas grades da janela que dava para a calçada.

628.

Dez anos depois, a Bela Adormecida só tinha vontade de cair no sono novamente. E que outro príncipe a despertasse, porque esse de agora…

629.

Me disseram que agora você vai à missa todos os domingos. Não se iluda, minha cara: tampouco Deus a perdoará.

630.

Todos os domingos íamos visitar meu pai no hospital psiquiátrico. Os médicos davam a ele uns comprimidos que o deixavam manso, quase inerte, com o olhar bovino e resignado. Quando ninguém estava olhando, eu chegava perto dele e lhe devolvia os beliscões, os tapas, os chutes e os pontapés que ele tinha me dado quando eu era criança, responsáveis pela raiva que guardo até hoje no peito. Não adiantava, ele não sentia nada.

 




Tags:

7 de outubro de 2016 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos Minímos contos mínimos

               
              
            
                

Deixe um comentário