Close

11 de julho de 2019

É que eu não sei, por isso pergunto

Olhe para mim.

Não deixe de me olhar.

E diga, em silêncio, qual filho está mais débil.

Para salvar um, qual filho deve morrer?

 

Os dois são bons,

não fazem ruído, não pedem nada

e ainda me deixam dormir de vez em quando.

 

É que eu não sei,

por isso pergunto:

 

Como há de ser o mundo, qual parte está mais louca?

Sendo assim tão injusto, qual morte dói menos?

E eu, que sou de tanta paz, a quem devo matar?

 




Tags:,

11 de julho de 2019 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Poesia filho, paz

               
              
            
                

Deixe um comentário