Close

29 de outubro de 2020

Fábula revisitada

O cordeiro e sua companheira fugiam apressados da floresta em chamas quando um lobo apareceu, interrompendo a corrida.

— Podem parar, os dois. Aonde pensam que vão? Eu posso acabar agora mesmo com essa fuga.

— Ah, é? E por que você acha que pode?

— Porque estou com fome. E porque sou um lobo. E os lobos somos ferozes.

O cordeiro concordou. E pediu: — Me dê outra razão.

— Os lobos nasceram para devorar cordeiros. É o nosso instinto. Somos assim, a natureza nos fez dessa maneira.

— Muito bem, então isso é coisa da natureza, é inevitável — respondeu o cordeiro, olhando com aflição para a companheira a seu lado — mas não há como resistir à força da natureza e buscar a harmonia entre todos os animais?

— Eu tenho fome, é só isso que eu sei. E a lei da selva determina que, se um lobo está faminto, deve se satisfazer com a primeira presa que aparecer na sua frente.

— Pois está muito bem. Sou o primeiro alimento que você encontrou no caminho — e acrescentou, apontando a paisagem devastada e em chamas ao redor — E também o último. Já pensou nisso?

 




Tags:, , , ,