Close

23 de março de 2020

Ir a ti

As quatro pilastras que te dão sustentação

e o canto do teto desenhado de aranhas e sua teia

retêm a lembrança mais remota: fronteira do pensamento,

borda a que nada escapa,

tesouro.

A luz que estoura no vidro das três janelas,

a rua sem asfalto, sem nada,

o passeio de charrete,

o cocô verde do cavalo,

o estouro da boiada,

a loja da esquina,

a noite de Natal

— tudo cabe na caixa de fósforos,

meu dente de leite e a primeira comunhão,

a professora primária e a surra que meu pai me deu.

Tinha rio, mas eu tinha medo.

Meu pequeno mundo infantil, que não tem beira, resiste,

transborda,

embora quase nada reste de ti,

velha casa na mais velha cidade do interior.

Eu desafio o tempo: vou a ti.

Ir a ti é missão, necessidade,

sina.

 




Tags:, , ,

23 de março de 2020 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Poesia casa, interior, lembrança, sina

               
              
            
                

Deixe um comentário