Close

22 de fevereiro de 2016

Irrealizáveis desejos

desejosO de uma mulher que não quer encontrar o príncipe encantado, mas um homem a quem possa converter em um príncipe encantado.

O de um homem que busca uma mulher que não queira convertê-lo em um príncipe encantado.

O de um cego que anseia enxergar para deixar de escutar os sons do silêncio.

O do ignorante que quer ser escritor para deixar de ser ignorante (o que demonstra o quão ignorante ele é).

O do crente que reza a um deus que não é o seu, para que fale com seu deus pedindo a ele que escute suas preces.

O do adolescente que quer ser adulto, mas não velho (mais ou menos vinte e cinco anos, calcula ele).

O de um poema com nome de mulher que gostaria que os outros poemas deixassem de duvidar de sua masculinidade.

O de um gênio da lâmpada que busca incessantemente por um gênio que o liberte para sempre de sua lâmpada.

O de um escultor que destrói suas esculturas em busca da forma perfeita.

O do narcisista que almeja ser outro para fartar-se de elogios.

O do soldado em guerra que quer que o inimigo morra de morte natural.

O do cafetão que deseja ter desejo.

O do amor não correspondido que busca outro amor não correspondido para corresponder-se, podendo ser por carta, e-mail ou Whatsapp.

O de Deus, que quer ser homem comum para poder morrer e conhecer o Inferno.

 




Tags:,

22 de fevereiro de 2016 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Prosa Poética desejo, desejos

              
            
  1.     
                        
              
            
                

Deixe um comentário