Close

14 de julho de 2015

Kafkiana

kafka-crumb_lgPego a mala na esteira e deixo o aeroporto, ansioso pelo início das férias. Vejo um sujeito levantando um cartaz com meu nome escrito em letras maiúsculas. Vou até ele, curioso, e me identifico. “Encantado”, diz ele. Ato contínuo, pede licença e carrega minha mala, coloca-a num táxi e, sem dizer nada, indica que devo embarcar. O motorista me leva até a estação de trens, onde me espera outro homem desconhecido. Minha mala é colocada num vagão, o sujeito me entrega o bilhete da viagem e se despede. Horas mais tarde, desço na última parada onde um terceiro desconhecido, depois de comparar meu rosto com a foto que tem nas mãos, coloca minha mala num ônibus e faz sinal para que eu suba. Antes do anoitecer, o ônibus me deixa na porta de minha casa. Desfaço a mala, tomo banho e ligo a televisão, não sem antes lamentar profundamente por não ter tirado nenhuma foto das férias.

 




Tags:, ,

14 de julho de 2015 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos férias, kafka, pesadelo

               
              
            
                

Deixe um comentário