Close

25 de dezembro de 2014

Lições desta vida

bebechorao

Assim que percebeu que algo não estava bem comigo – devo ter emitido um gemido ou feito alguma careta de dor – aquele homem grandão, que parecia um gigante, mais que depressa me pegou e me levantou para o alto, sem que eu pudesse opor resistência. Correu comigo para o outro quarto e abriu a porta com os pés. Vi que era um cômodo pequeno e muito mais frio que aquele ao qual estava acostumado. Eu pressenti que algo de muito terrível iria acontecer, e isso me deu muito medo. Ele tirou rapidamente minha roupa e me pôs sentado numa cadeira esquisita, que tinha a metade de meu tamanho. Meu pavor era tanto que não consegui segurar meu intestino. Soltei tudo, tudo! Eu olhei aflito para o homem e me preparei para o castigo que certamente viria. Estava a ponto de chorar quando percebi que ele gargalhava vendo meu sofrimento. Nesse instante ele gritou para sua cúmplice, que também era gigante:

– Querida, corra, venha ver, o Zequinha já sabe usar o peniquinho!

(para Ana Barros, que tem um olhar especial e atento ao crescimento de seus pequenos)

 




Tags:, , ,
               
              
            
                

Deixe um comentário