Close

26 de março de 2020

Limpeza

Para toda limpeza há que se ter método.

A limpeza esconde algo

necessariamente sinistro:

fazer desaparecer aquilo de que não se gosta,

pôr no lixo o que não merece ver a luz.

 

Trocar os lençóis, jogar fora as flores murchas,

lavar o piso, eliminar a poeira,

trazer de volta a cor original do tapete,

vasculhar os cantos,

restaurar a transparência dos vidros.

 

Limpar é separar-se do que provoca asco.

 

Organizar tudo em caixas — cada uma para um propósito,

segregar, separar, dividir, murar

murar tudo,

murar as coisas.

 

Despendurar espelhos, quadros,

arrancar os pregos, cravos,

lavar as paredes,

enquanto o relógio anda

e determina o tempo preciso para pôr tudo em ordem.

E varrer, varrer, varrer.

 

Mandar embora os sacos com tudo o que não presta.

 

Dar uma última olhada no ambiente,

secar as últimas feridas,

assoprar as chagas,

baixar as cortinas,

fechar a porta.

 




Tags:, , , ,

26 de março de 2020 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Poesia coisas, cortinas, limpeza, porta, tapete

               
              
            
                

Deixe um comentário