Close

9 de agosto de 2019

Mentir

E se mentir não fosse tão vil

nem sequer grave ou medonho

e não tivesse consequências fatais,

não fosse irremediável

nem se parecesse com a pólvora

prestes a explodir?

 

E se mentir

não deixasse murchos os jardins,

não devastasse florestas

e não maculasse os mananciais sagrados

que embalam nossos sonhos?

 

E se mentir

não disfarçasse a fome,

não condenasse as gentes à miséria

e não violasse meninas e mulheres

secas?

 

Mentir é só mentir.

A palavra certa, certeira,

a inflexão, a voz, o olhar,

a circunstância, o alvo, o ato.

 

E se, depois de tudo,

mentir não fosse tão canalha assim,

 

fosse só difícil?

 




Tags:, , ,

9 de agosto de 2019 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Poesia canalha, difícil, mentir, palavra

               
              
            
                

Deixe um comentário