Close

11 de dezembro de 2017

Meu vizinho do andar de cima

O fulano de tal, meu vizinho do andar de cima, é um senhor muito sério e muito formal. É Congregado Mariano, vai à missa aos domingos e toma comunhão. Tem filhos e a eles ensina responsabilidades. Ele próprio se diz responsável. Chama liberdade de libertinagem. Conseguiu tudo na vida, menos felicidade.

Meu vizinho do andar de cima foi pra guerra quando era tempo de guerra. Assim, não admite opiniões de quem não fez o que ele fez. Fala “ex-catedra”, “data vênia” e “veja bem”. Tem sempre razão. Assim é o fulano de tal, meu vizinho do andar de cima.

Aos domingos vê futebol, grita e xinga, se emociona, baba e toma cerveja esparramado no sofá. Engorda vinte quilos a cada partida. Gosta que o chamem de senhor e sorri quando lê a frase “Você não vale o cu doce que você faz” pichada no muro.

Ele não tolera que eu use barba e assobie uma canção sempre que esteja alegre. Ele é mais homem do que eu, diz que sou vagabundo e veadinho. Não suporta me ver de bom humor. Quando me encontra, sente vontade de vomitar. Se eu fosse seu filho, me forçaria ao trabalho braçal. Assim é o meu vizinho do andar de cima.

Com a barriga encostada no balcão do bar, meu vizinho fala que é um super-homem no sexo e que as mulheres não deviam ter opinião. Não deviam ter voz. Não deviam ter nada.

Um dia, meu vizinho me pegou de conversa com sua filha dentro do elevador. Ele voltava do trabalho quando reconheceu a voz da menina dizendo “Rápido, põe pra fora e enfia aqui”. Correu atrás de mim com um facão em punho, o que será que ele queria cortar?

Mudei de prédio, de cidade, de país, aprendi outro idioma mas, apesar de tudo, tudo continua igual: os vizinhos do andar de cima tomaram conta de todos os lugares. Se você mora embaixo, cuidado!, eles não vão deixá-lo em paz.

 




Tags:,

11 de dezembro de 2017 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos andar de cima, vizinho

              
            
  1.     
                        
              
            
                

Deixe um comentário