Close

30 de agosto de 2017

Molde

Eu sei que existo

porque você me imagina.

Sou alto porque você me vê alto,

e limpo, porque você me olha com bons olhos

e mirada limpa.

Seu pensamento me faz inteligente,

e em sua ternura singela

você me faz um homem terno e bondoso.

Mas, se um dia você se esquecer de mim,

se um dia você deixar de me olhar ou me imaginar,

acabarei morto sem que ninguém saiba disso.

Todos verão viva minha carne, mas será outro homem

— escuro, mesquinho, raivoso, mau —

que nela vive.

Outro homem, não esse que você moldou.

 




Tags:,

30 de agosto de 2017 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Poesia homem, molde

               
              
            
                

Deixe um comentário