Close

4 de junho de 2020

Moto perpétuo

O pequeno Adalberto Júnior jogava futebol porque papai Adalberto lhe dizia que vôlei era esporte de meninas. Estudou engenharia como agradecimento ao papai, que não poupou esforços para lhe pagar a melhor faculdade. Casou-se na igreja para respeitar a crença religiosa do papai e aceitou que seu primeiro filho se chamasse Adalberto. Adalberto Neto. Quando uma doença terrível o acometeu, e não lhe restava muito tempo de vida, Adalberto Júnior chamou seu pai e pediu: “Cuide do meu filho”.

Papai cuidou. Adalberto Neto jogou muito futebol na escola, graduou-se em engenharia com notas excelentes, casou-se na mesma igreja que seu pai e deu o nome de Adalberto Bisneto a seu primogênito, como mandava a tradição. Também ficou doente. No leito de morte, chamou seu avô e pediu: “Cuide do meu filho”.

O avô cuidou. Adalberto Bisneto gostava de vôlei, mas seu bisavô falou que futebol era mais legal. Quis ser médico, mas foi convencido a cursar engenharia. Casou-se, teve um filho, batizou-o de Adalberto Trineto. Anos mais tarde adoeceu gravemente. Seu avô já não estava mais, então, antes de morrer, chamou o filho, Adalberto Trineto, para conversar e dar instruções.

 




Tags:, , , , , , , , ,
               
              
            
                

Deixe um comentário