Close

6 de março de 2019

O executivo e o centauro

Neste plano de existência é possível imaginar um executivo de terno e gravata passeando pelo bosque. Ele surpreende um centauro se masturbando atrás de uma árvore. Os dois se olham em silêncio por alguns segundos. Um vento passa entre eles mas não se detém. O centauro ignora o executivo e volta ao que estava fazendo.

Num outro plano de existência um centauro passeia pelo bosque e estanca quando vê um executivo de terno e gravata se masturbando atrás de uma árvore. O ar está parado e não passa nenhum vento entre eles. Ao se ver flagrado, o executivo sofre um ataque de pânico e foge dali, com as calças abaixadas até os tornozelos.

Uma terceira dimensão da existência, totalmente hipotética, permite ver um executivo de terno e gravata que, de joelhos atrás de uma árvore, faz sexo oral num centauro sentado de costas para o tronco, as mãos na nuca apoiando a própria cabeça. Um vento passa por ali e fica dançando entre as folhas, em silêncio, como espectador privilegiado. O centauro, de olhos fechados, murmura palavras desconexas durante a felação e, segundos antes de gozar, abre a boca e emite uma sonora e diabólica gargalhada enquanto vocifera Yeah, baby, you are my bitch now.

Quem contou isso foi o vento, corado de vergonha, que a tudo assistiu. Um centauro que fala inglês!, admirou-se ele, e saiu voando para soprar em outra freguesia.

 




Tags:, ,

6 de março de 2019 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos centauro, executivo, vento

               
              
            
                

Deixe um comentário