Close

21 de fevereiro de 2017

O macaco e a águia

Contam que certa vez, numa floresta do outro lado do mundo, um macaco, esperto como ele só, pegou um tronco seco de árvore caído na grama e o levou até a mais alta montanha da redondeza. Fincou o tronco na terra como um totem. Voltando à parte plana, convocou uma reunião extraordinária com todos os demais bichos e explicou:

— Estão vendo aquele totem lá em cima? É uma escultura moderna, uma obra de arte, uma obra-prima. Foi feita por mim. Eu sou o artista.

Os animais olharam para o topo da montanha e, sem distinguir muito bem o que viam, começaram a repetir entre si que aquilo era uma escultura moderna, uma obra de arte, uma obra-prima. E todos passaram a admirar e enaltecer o grande artista que era o macaco. Todos, menos a águia, porque, entre a bicharada que habitava aquela floresta, a águia era o único animal que podia voar até o pico do monte e ver a verdade: aquele totem não passava de um tronco seco de árvore fincado no chão.

Embora se esforçasse para desfazer a mentira e desmascarar o macaco, a águia não achou quem acreditasse em suas palavras. É natural, concluiu o pássaro. Os que caminham no chão nunca vão acreditar naqueles que voam. Abriu as asas e voou para longe.

 




Tags:, , , ,
              
            
  1.     
                        
              
            
                

Deixe um comentário