Close

10 de setembro de 2014

O que é que há?

Vejo-te aí, triste e de olhos no chão.

O que é que há, meu amor?

 

Percebo-te aí, insone e impaciente.

O que é que há, meu coração?

 

Sinto-te (e como!) infeliz e ausente.

Fala, o que te perturba a alma?

 

Façamos um trato: para que te alegres,

semear-te-ei de jasmins e de outras flores da qualidade que preferires,

inundar-te-ei de sol e brisa fresca,

e violões far-te-ão serenata para que durmas e não te desveles.

 

Em troca, conta: o que é que há, meu país?




Tags:

10 de setembro de 2014 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Poesia pais

               
              
            
                

Deixe um comentário