Close

2 de outubro de 2014

Os que caminham devagar

Há pessoas que caminham devagar. Não vão a lugar nenhum nem vêm de onde quer que seja, não têm pressa nem ansiedade. Caminham, apenas, para destinos conhecidos ou ignorados, tanto faz. Suas pegadas no chão são mais profundas e facilmente identificáveis – “aqui vai uma pessoa que caminha devagar”.

Os que caminham devagar competem apenas com o tempo, digerem o caminho lentamente com os pés e engolem com os olhos a paisagem ao redor. Como os velhos. Caminhar devagar não é só a ausência de pressa; caminhar devagar também não significa que quem assim procede não saiba para onde vai. Não é nada disso. Quem caminha devagar não tem outro propósito a não ser não chegar.




Tags:

2 de outubro de 2014 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Prosa Poética caminho

               
              
            
                

Deixe um comentário