Close

10 de março de 2017

Pânico

Hoje me levantei, li o jornal enquanto tomava café, saí de casa para trabalhar, cumprimentei um vizinho no elevador, andei pelas ruas costumeiras e encontrei as mesmas pessoas de todo dia, conversei com os colegas de trabalho, voltei para casa no final do expediente.

Quando fechei a porta de entrada, apoiei as costas nela e fiquei uns minutos em silêncio. Senti o suor frio descendo da minha testa até o queixo. Toquei várias vezes o meu braço para ver se continuava acordado, que tudo isso não fosse um sonho do qual despertasse num susto. Eu sentia dor no corpo todo, meus músculos latejavam e meu coração ladrava acelerado. Comecei a tremer e a soltar gemidos de aflição. Eu estava verdadeiramente em pânico. Desde cedo pareceu ser um dia normal, mas todo mundo que vi hoje sorria. Fui até o banheiro, me olhei no espelho e comprovei: eu também estava sorrindo. Isso foi muito perturbador, considerando os dias que correm. Intuo que algo terrível está prestes a acontecer.

 




Tags:,

10 de março de 2017 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos pânico, sorriso

               
              
            
                

Deixe um comentário