Close

29 de julho de 2018

Persona

Eu sempre quis ser como o meu amigo João Carlos. Bem, não é que me conformasse somente em ser como ele: eu queria ser ele, mas um pouquinho melhor. Terminei a faculdade com notas maiores que as dele, ingressei na mesma empresa em que ele trabalhava e consegui para mim as promoções que estavam destinadas a ele. Ele nunca desconfiou, lógico. Logo entrei numa fase em que me preocupava em ser mais bonito e mais magro que ele. Por fim, cheguei ao ápice do mimetismo: aprendi o nome de seus gatos, a data de aniversário de toda a família dele e me apaixonei como um bezerro por sua mulher, a doce Catarina. Pronto, eu me sentia o João Carlos; mais: eu era o João Carlos.

Hoje invadi a casa do João Carlos para matá-lo com uma serra elétrica. Matei, matei bem matado, fiz picadinho dele e coloquei tudo no congelador. Agora estou deitado tranquilamente na cama do casal, esperando com ansiedade que a doce Catarina chegue logo da rua.

Daqui a pouco conto como ela vai ficar toda feliz em me ver.

 




Tags:, ,

29 de julho de 2018 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos igual, mimetismo, persona

               
              
            
                

Deixe um comentário