Close

8 de janeiro de 2020

Quinteto

1.

Não me recordo muito

das coisas de quando eu era menino.

Sei que minha mãe odiava

que eu vivesse correndo para todos os lados,

por exemplo.

 

Hoje ainda o faço,

ainda corro em todas as direções,

mas minha mãe já não grita meu nome desde longe.

 

2.

O mar mandou recado:

disse que se hoje você for comigo

vai nos presentear

com as ondas mais altas,

a espuma mais branca

e o mais deslumbrador dos azuis.

 

3.

Chegou a nuvem e chorou sobre a terra.

A grama cresceu e virou paisagem.

Essa grama é a nossa paisagem.

De quem será a paisagem quando formos

terra?

 

4.

O homem, aquele sozinho na mesa,

aquele na mesa cheia de garrafas vazias,

aquele mesmo,

que parece um louco falando com ninguém,

ele tem um filho morto,

com quem às vezes conversa.

 

5.

O ano novinho

nos olha

e lambe os lábios.

 




Tags:

8 de janeiro de 2020 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Poesia quinteto

               
              
            
                

Deixe um comentário