Close

4 de outubro de 2020

Raiva

Escondi a mão no bolso,

guardei minha mão,

segurei minha mão,

contive minha mão

a tempo.

 

A pedra continua lá,

silenciosa e inflamada,

gestando a raiva

no interior das ranhuras,

nos dentes trincados.

 

Minha mão segue comigo.

 

A pedra

continua

lá.

 




Tags:, , , , ,