Close

18 de setembro de 2019

República

Bem-vindo, homem justo, bem-vinda, mulher justa!

Bem-vindos, copos de vinhos, motores de lágrimas!

Bem-vinda, lua cheia, bola desenhada a giz na lousa negra!

Bem-vindo, dia seguinte!

Bem-vinda, loucura sã!

Bem-vinda, água fresca no rosto abrasado de febre!

Bem-vindo, vendedor de pipoca e amêndoas torradas e batata frita!

Bem-vinda, poesia que encanta, que enternece e liberta!

Bem-vinda, moça de vestido florido!

Bem-vindo, amontoado de nuvens, bem-vinda, chuva reparadora!

Bem-vindos, pais e mães de criaturas do bem e da bondade!

Bem-vindo, tudo o que se chame pátria e seja bom e reconhecível!

Bem-vinda, esperança de dignidade!

Bem-vinda, palavra deslumbradora!

Bem-vinda, Beleza!, gritou a República antes de ser fuzilada.

 




Tags:, ,

18 de setembro de 2019 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Poesia bem-vinda, bem-vindo, República

               
              
            
                

Deixe um comentário