Close

13 de julho de 2015

Serafim e seus filhos

pai e filhosSerafim tinha dois filhos. O mais velho era virtuoso e obediente, o mais jovem, perverso e dissimulado. Ao perceber a morte ao pé da cama, ele chamou os dois para conversar:

– Minha hora está próxima. Tenho só duas coisas valiosas: meu rebanho e minha bênção. Como esperam que eu as distribua?

– Dá-me tua bênção – disse o mais jovem -, porque com ela eu posso me converter numa boa pessoa. Se ganhasse o rebanho, em pouco tempo eu o transformaria em dinheiro e o gastaria. Quero tua bênção, meu pai.

O filho mais velho acatou a vontade de seu irmão mais jovem e disse que cuidaria muito bem do rebanho que lhe coubesse como herança.

Tudo ficou acertado e Serafim morreu. No dia seguinte, o filho mais jovem, tão perverso quanto antes, foi até o juiz da cidade e disse:

– Meu irmão mais velho se apoderou de minha legítima herança. Ele é tão mau que nosso pai, como todo mundo sabe, não lhe deu a bênção antes de morrer. É justo que ele tenha herdado o valioso rebanho?

Então, por decisão judicial, o filho mais velho teve que entregar o rebanho ao mais jovem. E foi impiedosamente hostilizado pela cidade, que reprovou sua tentativa de enganar o irmão.

 




Tags:, , ,

13 de julho de 2015 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos filhos, herança, irmãos, pai

              
            
  1.     
                        
              
            
                

Deixe um comentário