Close

15 de outubro de 2015

Sexo: maneiras

sexoManeira 1

O namoro de Bia e Carlos demorou a deslanchar, mas hoje se entendem como se estivessem juntos há muitos anos. Foram viajar e passaram sete dias de intensa troca de carinho. Passearam bastante, dormiram abraçados, viram filmes de mãos dadas, fizeram piquenique, deram muita risada e se divertiram como dois colegiais. Carlos voltou disposto a pedir que ela viesse morar com ele, certo de que o relacionamento dos dois estava fadado a dar certo. O sexo era ótimo, ele gostava do perfume dela, ela adorava morder o queixo quadrado dele.

Numa tarde, quando estavam no apartamento dele e faziam planos para o fim de semana, Carlos agarrou Bia e sugou sua língua. Com a mão direita sujeitou sua nuca, empurrando o rosto dela contra o seu, e com a esquerda tentava rasgar sua calcinha. Num gesto brusco e determinado virou-a de costas, cuspiu no pênis e a sodomizou. Enquanto a penetrava com a medida exata de violência e ela massageava freneticamente o clitóris, ele pensou Que se foda! Já é hora de deixar esse namoro menos gay. Bia, por seu turno, mexia os quadris como uma leoa e pensava Isso é a coisa mais gostosa que aconteceu nesses dias. Gritou Está doendo! Enfia com mais força!

 

Maneira 2

Naquela tarde fria de domingo, Pedro e Lílian estavam na sala, cada um com um livro nas mãos. De vez em quando interrompiam a leitura e se olhavam e trocavam sorrisos e carícias e beijinhos. Depois de um desses beijos ele perguntou Lili, você quer que eu meta meu pau inteirinho em você com toda força até que ele saia pela boca? Ela acariciou o queixo quadrado dele e disse rindo Nunca tinha pensado nisso. Ele sorriu Então, por que você não vai pra cama, tira a roupa e fica lá me esperando? Vou só terminar esse livro e já vou pra lá. Ela assentiu com a cabeça, deu outro beijinho nele e foi para o quarto. Tirou a roupa e deitou-se na cama, abriu as pernas e os lábios e esperou. Ele terminou o livro, ficou ainda um tempo meditando sobre o que tinha lido, levantou-se da poltrona, caminhou tirando as roupas e jogando-as pelo corredor, entrou no quarto e a penetrou.

 

Maneira 3

Só lhe peço uma coisa, sussurrou ela, quando ele, nu, começou a despi-la. O que quiser, meu tesão, minha vida, respondeu ele. Que pareça amor, ela disse.

 




Tags:,

15 de outubro de 2015 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos maneiras, sexo

               
              
            
                

Deixe um comentário