Close

benzedeira

Dona Tininha

Dona Tininha morreu ontem. Tinha quase 100 anos. “Vou conhecer o Pai de pertinho”, disse, antes de fechar lentamente os olhos mais azuis de que se tinha notícia naquela cidadezinha do interior. Era a benzedeira do lugar. Muito procurada, tirava mau-olhado, cobreiro, soluço, tosse e quebranto de crianças e bebês. Em seus braços, os pequenos […]

9 de setembro de 2014 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos benzedeira, luto

Ler Mais