Close

crime

A turma da limpeza

Vassouras na mão, Argemiro e Jurandir terminam a faxina. Observam se está tudo no lugar e em ordem. Argemiro é sempre o mais entusiasmado. — Rapaz, eu amo o meu trabalho, sou apaixonado pelo que faço. Dá só uma olhada nessa beleza! — Deixe de ser tonto, Argemiro, para com isso! Só você mesmo pra […]

Ler Mais

O crime e o castigo

Depois da violenta bofetada, no instante preciso em que apartava a mão do rosto de sua mulher, o telefone tocou. Um arrepio percorreu sua espinha: lembrou-se de que tinha jurado nunca mais fazer isso. E não tinha feito até então, não por falta de vontade ou oportunidade. Sua mulher o provocava, frouxo, desempregado, incompetente, brocha!, […]

Ler Mais