Close

destino

A ausência de nós mesmos

No tempo em que não estive ninguém deu por minha falta, nem mesmo eu percebi que tinha deixado de estar.   Isso deve ser o mais parecido com a morte, em que a ausência aos poucos vira desencanto, e logo esquecimento.   A ausência de nós mesmos, quando a sentimos, é a perfeita tradução do […]

Ler Mais

Borralho moderno

Maristela passou o diabo desde criança. Órfã quando não era mais que um bebê, viveu a infância em orfanatos e casas de parentes. Jogada de um lado para outro, cresceu triste e retraída. Aos onze anos foi levada por uma senhora para viver em sua casa, prestando serviços domésticos. Sua vida tem sido assim desde então: […]

Ler Mais

Destino

Cada um é para o que nasce, cada qual com sua classe, seus motivos, sua sina, suas cismas.   Cada ser tem sua língua, prosódia que vem do berço, do pai, da mãe e do verso aprendido na cartilha.   Cada humano tem sua meta, reta, direta, traçada na testa, na fresta do olho, na […]

10 de setembro de 2014 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Poesia destino, meta

Ler Mais