Close

doença

Há coisas nesta vida que a gente não esquece

Minha mulher, Maria da Graça, há dez anos padece de esquecimento. Seus olhos olham mas não veem e, quando veem, não reconhecem o que viram, como se tudo que se apresentasse na frente deles fosse novidade. Nos últimos meses ela tem se dedicado à atividade de caminhar do quarto para a cozinha, passando pelo corredor […]

Ler Mais

Os números vermelhos

Ontem o Rivelino subiu pro céu. Eu não vi quando ele foi embora, minha mãe quem disse. Rivelino era um gato que não comia rato, não tinha cor nem pelo de gato, e também não tinha rabo. Estava sempre miando por comida. Às vezes ele desaparecia, mas sempre voltava quando estava com fome. Minha mãe […]

Ler Mais