Close

gasolina

O cheiro de gasolina

Meu avô Américo tinha cheiro de gasolina na pele. Sentado como um comandante na velha poltrona de couro puído, consumia horas organizando seu exército: pincéis, escovas, lixas, tesourinhas e pinças para depilar narizes e orelhas, cortadores de unha e palitos de fósforo. Colocava-os em fila, dava ordens, planejava contendas, definia estratégias. Calçava botas militares e […]

14 de março de 2017 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Contos avô, cheiro, gasolina, neto

Ler Mais