Close

leite

Réquiem em Fá Maior

Café, leite e açúcar: nem sempre a vida me falta. Longe, perto, antes ou depois, em inglês, português ou esperanto   ou qualquer idioma que me supra de palavras alentadoras e um entardecer com cheiro de comida: sei que sobreviverei.   Sempre estarão aí, ao meu alcance, garoa, guarda-chuva, pés, chão e caminho, ainda que, […]

Ler Mais

Embocadura

Ontem à noite dei de lembrar. Lembrei-me de uma canção e dei de cantar. Era uma canção antiga, canção de ninar dos meus tempos de menino.   Quando terminei, doeu-me a mandíbula, porque tive que mexer a boca de uma forma nova para emitir aquelas palavras. Eram velhas as palavras da canção, palavras que não […]

Ler Mais

A outra teta da Pietá

Uma teta é uma teta. Uma coisa é a teta que amamenta, outra, a teta ao sol. A teta que amamenta pode estar ao ar livre, a que goza o calor, não. Assim dizem.   A menina de dezesseis anos não sabe disso. Alimenta o filho e se bronzeia, a grama do parque lembra a […]

Ler Mais