Close

mãe

Trending topic

Quando eu nasci ninguém prestou muita atenção. Minha mãe não achou necessário avisar a parteira nem incomodar meu pai, que dormia e roncava de boca aberta, largado no sofá da sala, o copo vazio de cerveja na mão. Eu era o sexto filho, e parir tinha virado rotina na casa em que vim ao mundo. […]

Ler Mais

Belisário Júnior

Belisário Júnior olha os olhos de seu pai com devoção. É de manhã, os dois tomam café. O pai lê o jornal, muito concentrado. Veste seu impecável uniforme de policial. Dali a instantes ele estará no trabalho, cuidando da ordem da cidade e da segurança das pessoas. Belisário Júnior sonha ser como ele quando crescer. […]

Ler Mais

A procissão da negra santa

Mas como pode ser essa Nossa Senhora tão pequena, tão negra, tão africana, parecendo que não foi acabada direito?   Marinês vê a serpente da procissão, o andor da santa bamboleia nos ombros dos quatro coroinhas pouco mais que meninos, aquela santa tão pretinha, chamando para o Salve Rainha, poderia ser a mãe de um […]

Ler Mais

Casa onde menino cresceu

Casa onde menino cresceu as flores não cresciam. Um anjo de mãos negras regava os vasos com ácido amoníaco e outros produtos de limpeza. As flores choravam em silêncio e morriam.   Pai não gostava de flores nem de cores nem de quando explodia o escândalo da primavera — o preto e o branco bastavam […]

Ler Mais

A mulher Clementina

Este ano toca plantar e colher milho, já deram a ordem. Antes já foi feijão e trigo. Milho agora. A gente ouve, a gente cumpre. Mas não vai chover uma gota, disseram. Outra colheita perdida. Apesar de tudo, Clementina segue na lavoura, cavucando a terra seca com a enxada sempre à mão, fazendo valas, limpando […]

29 de março de 2020 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos avô, colheita, enxada, mãe, Terra

Ler Mais

Permita-me, vida!

Escreva assim: que eu morri de velha. Parei com a caneta no ar, a pouca distância do papel cor de caramelo que tinha sobre as pernas e a olhei, esperando que ela mudasse de ideia e corrigisse a introdução da carta. Ela percebeu a minha hesitação e não se abalou: Isso mesmo. Diga que eu […]

Ler Mais

Cecília, Paulo e Lucas

Lucas tem sete anos e mora com Cecília. Cecília é sua mãe. Lucas passa os fins de semana na casa de Paulo. Paulo é seu pai. Paulo e Cecília não moram juntos há muito tempo, desde que Lucas tinha um ano. Ou desde que Paulo deu o primeiro e único tapa no rosto de Cecília. […]

18 de dezembro de 2019 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos mãe, menino, pai, porrada

Ler Mais

O movimento organizado

O semáforo fica verde para os pedestres e concede dez segundos às mulheres jovens para cruzarem a rua. Todas cruzam. Na sequência, é a vez das crianças acompanhadas por adultos: cinco segundos. Uma senhora, puxando seu filho pela mão, se distrai com qualquer coisa e perde o tempo que lhe cabe. Estava no meio da […]

Ler Mais

O choro de minha mãe e a música do riacho

mães choram descobri muito cedo   mães trabalham cuidam zelam e também choram   sentada na beira da minha cama minha mãe chorava e eu fingia dormir não conhecia naquele tempo as palavras que se dizem às mães que choram para que deixem de chorar   as lágrimas caíam pelo rosto branco de minha mãe […]

29 de setembro de 2019 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Poesia choro, mãe, mães, música, riacho

Ler Mais

Debaixo deste céu há escuridão

Saiu de casa em busca de um emprego. Disseram-lhe: Só te daremos trabalho se te cortarmos uma mão. Estava há muito tempo desempregado, tinha filhos. Aceitou.   Pouco tempo depois o demitiram e ele voltou a buscar trabalho. Disseram-lhe: Só te daremos trabalho se te cortarmos a mão que te resta. Ele não podia ficar […]

Ler Mais

O acordo

“Este sim, é um perfeito cavalheiro”, suspira minha mãe para tia Elvira, ao abrir a porta da casa para Dom Atílio. Ele entra e me olha, alisa meus cabelos: “Janete, como vai esse meu tesouro?” Ele sempre me chama de “meu tesouro”. Sua mão é cabeluda e está sempre suada e com cheiro de bosta […]

26 de agosto de 2019 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos acordo, mãe, morte, pai, tia, vida

Ler Mais

Desde o ovo

A cara de sua mãe. A boneca que jogou pela janela. O livro que queimou dentro do quarto. O aquário que esvaziou no meio da sala, a língua saboreando o peixe vermelho. A cara de sua mãe. O boneco Pipo, as pernas arrancadas do boneco Pipo, o pescoço estrangulado do boneco Pipo. Seu primeiro psiquiatra. […]

24 de agosto de 2019 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos mãe, ovo

Ler Mais

Os sentimentos

Vocês deviam sair um pouco, tomar ar fresco, se divertir mais, disse a mãe, em tom distraído, ao servir o almoço aos três filhos. Domingo, dia de reunir o que se parece com uma família. Dois homens e uma mulher, e os respectivos cônjuges, tentavam manter uma tradição que os desagradava, mas que não ousavam […]

12 de agosto de 2019 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos filhos, mãe, marido, pai, sentimentos

Ler Mais

No quarto do filho

Aquela mulher que soluça é a mãe da Bia, Beatriz, a adolescente morta. Violentada e assassinada com crueldade aos dezesseis anos. Sueli não é amiga da mãe que chora, mas a conhece. Seu filho Jonas estuda na mesma classe da menina que morreu. Viram-se algumas vezes nas reuniões de pais, nas festas da escola, no […]

31 de julho de 2019 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos adolescente, filho, mãe, quarto

Ler Mais

Sossego e turbulência

A menina olha para sua mãe, que lê um livro. Olha-a e sussurra frases para si mesma, como se conversasse com alguém invisível. Tudo está quieto agora, como se o ar tivesse parado e não houvesse perto dali o mar arrebentando nas pedras. Estava sendo um dia largo e esse fim de tarde não desaparecia […]

Ler Mais

Menino

Brincar com meu avô era o que eu mais gostava, a melhor parte do dia. A gente costumava tirar o nariz um do outro e depois colocava de volta, ele falava “agora tô respirando de novo” e eu ria. O “pedra, papel, tesoura” decidia quem iria varrer o chão da cozinha depois do almoço. O […]

3 de fevereiro de 2019 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos avô, engraçado, mãe, menino

Ler Mais

De passagem

para João Silvério Trevisan Lembro-me bem daquela noite. Minha família e eu comíamos o jantar quando ele chegou. Abri a porta e ouvi sua voz sumida de boca murcha Boa noite. Estou de passagem. Posso ficar uns dias? Serão poucos. Eu disse Claro e fiz com que entrasse. Ele cumprimentou minha mulher e meus filhos, […]

1 de fevereiro de 2019 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos família, mãe, pai, passagem

Ler Mais

A poeira branca

O professor mandou que eu entregasse um bilhete para minha mãe. Eu li o que estava escrito: dizia que precisava falar com ela porque eu estava com as notas ruins, não sabia a lição, estava com dificuldade para aprender e andava muito distraído. Deixei o papelzinho sobre o criado-mudo, perto do copo de leite que […]

26 de outubro de 2018 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos mãe, pai, poeira, professor, tristeza

Ler Mais

Antes de cair o pano

O grito deixou Joana paralisada. Estava na cozinha e aquela que gritou, no quarto. Não era a primeira vez. Tudo começou havia menos de dois anos. Os primeiros cabelos brancos e as primeiras rugas — pequenas ruas, ruelas de mão única que lhe marcavam o rosto, dando passagem para as lágrimas, o suor, a remela. […]

7 de abril de 2018 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos cair o pano, gritos, mãe

Ler Mais

Junho

Era junho, disso me lembro bem, porque chovia muito, chovia tanto! Na minha cidade de frente para o mar só chovia daquele jeito em junho. Era a maneira de o céu avisar que o inverno seria difícil de suportar depois que o outono seco terminasse. Era junho, tenho certeza, minha lembrança é nítida. É essa […]

4 de abril de 2018 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos chuva, junho, mãe, pai, saudade, violão

Ler Mais

Perdão

Dez minutos depois ainda se ouvia o eco dos disparos e o pelotão não tinha se retirado de todo. Caídos próximos ao paredão, dois corpos: um homem e uma mulher. O juiz considerou que os dois cometeram crimes hediondos e os sentenciou à morte por fuzilamento. Um assassinato e um perdão: esses foram os delitos […]

11 de fevereiro de 2018 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos filho, justiça, mãe, perdão

Ler Mais

Meu nome é Túlio

Saltava à vista de todos que Sarita e eu não éramos irmãos. Ela tinha uns olhos azuis enormes, que ficavam ainda maiores considerando sua cara magra e cheia de fome. Mesmo com a poeira da rua, que não desgrudava de seu pelo branco, ainda assim ostentava um ar de alguma elegância, ao contrário de mim, […]

15 de outubro de 2017 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos irmãos, lembranças, mãe

Ler Mais

Cem, ou quase

Cem, ou quase, mas, se fecho os olhos, não dou por isso. Sei que continuam suaves, amorosas. Ainda são motivo de vaidade, e por isso nunca ficam sem cor, mesmo que não seja necessário, já que dali surge sempre um arco-íris de histórias. Gosto de olhá-las: em constante movimento, nunca quietas. Minha memória as traz […]

28 de agosto de 2017 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Prosa Poética cem, mãe, mãos

Ler Mais

O enigma do cemitério

“Vamos ao cemitério hoje”, minha mãe avisou. Ela me vestiu e penteou como se fôssemos para uma festa. Eu nunca gostei do vestido de organdi com gola de renda, mas ela me disse que eu ficaria “mais mocinha” com ele, então concordei. Aos dez anos, ficar “mais mocinha” é tudo que uma menina quer. Enquanto […]

21 de agosto de 2017 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos cemitério, lápide, mãe, mortos

Ler Mais

O banho

Logo depois de ligar o chuveiro, Celeste confere: a toalha, a esponja, o sabonete líquido, a touca, os chinelos, tudo arrumado. Depois olha para ela, sentada no vaso sanitário, nua, cabeça baixa, o retrato da humilhação. Ajoelha-se na frente dela para ajeitar a touca, e é quando os olhos das duas se encontram. Nos de […]

12 de julho de 2017 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos banho, filha, mãe, mulher

Ler Mais

Porque eu gosto, ora!

Aos domingos, quando os parentes chegam para o almoço, Susaninha costuma passar o dia debaixo da cama, escondida de todos, como forma de protesto, farta do barulho ensurdecedor de sua família. Seu pai não a tira de lá porque ele vive ausente, mesmo na frente de todos, olhando para algum ponto distante, talvez para o […]

7 de julho de 2017 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos barulho, família, mãe, protesto

Ler Mais

Não é nada, mas poderia ser algo

O peixinho colorido nada no aquário, indiferente ao interesse que desperta no gato, que o olha de frente, a pouca distância. O felino espreita, mas sabe que é inútil qualquer esperança de conseguir o que deseja. O outro, dentro da água, intui que está seguro, e por isso nada tranquilo. O menino interrompe por um […]

22 de junho de 2017 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Prosa Poética gato, mãe, menino, nada, pai, peixe

Ler Mais