Close

mortos

A casa sem goteira

O portão do cemitério gemeu como um bezerro recém-parido. Estava enferrujado e não via pintura nova há séculos. A última vez em que foi aberto foi há quase três anos, quando Francisca foi enterrada. Naquele dia, caixão nos ombros, os homens do povoado ficaram perdidos no terreno, procurando um lugar onde depositar aquele peso entre […]

17 de abril de 2018 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos caixão, casa, cemitério, goteira, mortos

Ler Mais

O enigma do cemitério

“Vamos ao cemitério hoje”, minha mãe avisou. Ela me vestiu e penteou como se fôssemos para uma festa. Eu nunca gostei do vestido de organdi com gola de renda, mas ela me disse que eu ficaria “mais mocinha” com ele, então concordei. Aos dez anos, ficar “mais mocinha” é tudo que uma menina quer. Enquanto […]

21 de agosto de 2017 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/mbaggio/" title="Visualizar todas as postagens por Mario baggio" rel="author">Mario baggio Contos cemitério, lápide, mãe, mortos

Ler Mais

As crias

Para os que nascem mortos ou deformados, reservo um lugar num grande recipiente de vidro, cheio de álcool. Deixo-os lá, fechados com rolha, e quase não lhes dou importância. De vez em quando deito sobre eles um olhar de pena e um pouco de carinho. Sofro ao vê-los desprotegidos e carentes. Ensaio uma carícia leve, […]

25 de novembro de 2015 < a href="http://homemdepalavra.com.br/author/" title="Visualizar todas as postagens por " rel="author"> Prosa Poética crias, mortos, vivos

Ler Mais